Cosméticos X Dermocosméticos:

Atire a primeira pedra quem não quer estar de bem consigo mesma. É bem verdade que os bons sentimentos surgem de dentro para fora, mas alguns pontos externos, se melhorados, podem dar um empurrãozinho na nossa autoestima. Quanto a isso a vaidosas têm conhecimento de causa.

Tanto em farmácias como em lojas de cosméticos encontramos uma lista imensa de produtos que prometem salvar a pele de diversos problemas. Mas o que poucos sabem é que cada um desses itens possui uma funcionalidade distinta.

Cosméticos.

Os cosméticos são aqueles produtos presentes na vida da maioria das pessoas. Esses produtos não vendem nas farmácias, geralmente são encontrados em lojões de maquiagens, revistas de venda, entre outros.

São esses os produtos com uma textura mais agradável, cheiro mais prazeroso, mais fáceis de serem encontrados e com uma ação publicitária mais forte.

Os cosméticos que prometem melhorar a pele têm uma função superficial na derme, como se fosse “mascarar” aquilo que você deseja mudar.

Se você tem algo na pele e está usando um cosmético para tratar isso, enquanto você usa o produto essa imperfeição some, mas a partir do momento que você parar de usá-lo sua pele vai perder essa ‘maquiagem’ e o problema vai voltar.

Dermocosméticos

Já os dermocosméticos vendem nas farmácias e geralmente são indicados e receitados por dermatologistas. Eles são o intermediário entre o cosmético e medicamento e tratam a raiz do problema da pele. Esses produtos possuem ativos farmacológicos, que melhoram a derme de fora para dentro.

A maioria dos dermocosméticos não possui cheiro e a textura é básica. As marcas que trabalham com esse produto os produzem com base científica, ou seja; não existe propaganda enganosa. Todo problema que ele prometer resolver foi cientificamente comprovado que irá mesmo funcionar.

Qual devo usar: dermocosméticos ou cosméticos?

A verdade é que não existe um produto melhor que o outro, mas sim, necessidades diferentes. O mais indicado é fazer o uso dos dois produtos juntos. O dermocosmético irá tratar a origem do problema e a longo prazo haverá um resultado satisfatório, enquanto o cosmético cobrirá as imperfeições superficialmente, porém de forma imediata.

Bruxismo e o uso da toxina botulínica

Toxina Botulínica tornou-se um recurso terapêutico indispensável tanto na Odontologia quanto na Medicina. Utilizada há mais de 20 anos na área da saúde, a Toxina Botulínica também proporciona diferentes resultados terapêuticos, a Toxina Botulínica proporciona controle do bruxismo primário e secundário ou da contração muscular indesejada. Desta forma, corrige sorriso gengival, dores de cabeça tensionais, protege os dentes contra fraturas e muito mais.

O QUE É BRUXISMO?
É o habito de ranger ou apertar os dentes durante o sono ou em vigília.

CAUSAS
Ocorre em pessoas de todas as idades e geralmente está relacionada ao alto nível de estresse emocional. Nas últimas décadas, o aumento do uso de alguns antidepressivos tem contribuído para o aumento da incidência do bruxismo conhecido como secundário e agravamento dos seus sinais e sintomas.

CONSEQUÊNCIAS
O bruxismo pode causar desgaste nos dentes, agir como um dos fatores frequentes de dor de cabeça, dores na musculatura mastigatória, estalidos nas articulações, perdas ou formações ósseas na mandíbula ou maxila.

TRATAMENTO
Hábitos como mascar chicletes, morder ou apertar objetos devem ser eliminados durante o tratamento porque agravam o quadro muscular. Uma terapia paliativa, ou seja, que melhora ou alivia momentaneamente o problema, empregada para o bruxismo, é a utilização de placas acrílicas que protegem os dentes dos desgastes provocados pelo hábito.

Atualmente existem novas abordagens para o controle do bruxismo como a Toxina Botulínica. Faça uma visita no meu consultório para uma avaliação o seu diagnóstico e tratamento.

A Depilação Masculina.

A Depilação Masculina tem cada dia mais conquistado adeptos, pelos benefícios que oferecem e principalmente pelas demandas que a vida moderna vem impondo. Indo muito além da vaidade, a depilação masculina tem se tornado um hábito entre os homens pela praticidade e sobretudo pela higiene pessoal e cuidado com a pele. A depilação não é mais particularidade do universo feminino.

A depilação masculina feita a laser.

Uma das técnicas mais conhecidas e mais revolucionarias da depilação masculina é com certeza o laser. Essa técnica é conhecida principalmente por ser duradoura, os pelos ficam em média um ano sem crescerem novamente. Lembrando que os pelos só retornam ao corpo do homem se ocorrer disfunções hormonais. Isso muito explica a mudança de comportamento dele pela praticidade de ficar um ano sem pensar em depilação.

Lâmina de barbear.

A lâmina de barbear é um dos métodos mais clássicos para depilação, tanto para o homem como para a mulher. Por seu preço muito acessível, é de longe o método mais utilizado por ambos os sexos.

No entanto, além de ser um método muito susceptível a desencadear alergias, pode fazer estragos irreversíveis na pele. Além da alergia, entre outros efeitos, o mais grave deles é tornar a pele escurecida na região depilada, independente da tonalidade da pele.

Depilação com Cera.

Esse é também muito eficiente para a depilação masculina, isso deve-se ao fato dos pelos serem arrancados pela raiz, o que impede que cresçam rapidamente. Porém, muitas pessoas não tem a coragem de usar esse método principalmente por ser um dos que mais causam desconforto pela dor provocada.

Máquina de cabelo.

Apesar de ser um método que tem um apelo econômico, não é o mais indicado para quem deseja ter uma pele lisa e macia. Como os pelos não são retirados profundamente, os resquícios deles muitas vezes trazem coceiras e irritação com o atrito da roupa.

Creme para depilação.

O creme de depilação masculina é bastante recomendado para pessoas que desejam usá-lo somente em regiões em torno dos órgãos genitais, isso se deve ao índice elevado de irritação causado na pele. Mas peca pela pouca durabilidade e da frequência em que precisa ser aplicada.

Cuidados que devem ser tomados com a depilação masculina.

O cuidado é essencial depois de uma depilação masculina, sendo assim saiba a seguir as principais precauções que deve ter:

  1. Sabonetes: Depois de uma depilação masculina você deverá ter atenção até mesmo com o sabonete que você está utilizando para que não ocorra nenhuma irritação. O mais recomendado nesse caso é o uso de sabonetes neutros em barras ou líquidos.
  2. Banhos quentes: após uma depilação masculina você deverá evitar banhos quentes, principalmente devido à sensibilidade a pele apresenta.
  3. Cuecas sintéticas:as cuecas sintéticas são grandes inimigas da pós-depilação masculina, caso você tenha feito a depilação masculina dos pelos pubianos a mesma irrita e causa bastante coceiras.
  4. Hidratantes: para os homens que fizerem depilação é bom evitar o uso de cremes e hidratantes após utilizar a cera. Eventualmente, dependendo da composição, pode causar irritação e alergia.
  5. Fazer depilação de qualquer modalidade e ficar exposto ao sol, tomar de piscina e de mar, nem pensar, nunca antes de dois dias do procedimento.

Não perca a oportunidade e faça já uma depilação masculina, pois a mesma pode oferecer benefícios como: pele mais macia, pele mais lisa, menor frequência de crescimento dos pelos, contribui com a higiene pessoal, entre outros…

Sorriso Gengival.

O que é sorriso gengival?
Um sorriso atraente e estético depende de uma adequada proporção entre dentes, gengiva e lábio. Ao sorrir, o lábio superior deve mostrar em torno de três milímetros de gengiva. Sorriso Gengival é quando mais do que 3mm da gengiva superior fica exposta quando a pessoa sorri, e esse excesso de gengiva compromete a harmonia do sorriso.

Quais as causas?
O sorriso gengival geralmente é de causa genética, causado por um lábio superior curto, dentes curtos, excesso maxilar vertical, ou hiperatividade dos músculos elevadores do lábio superior.  Pode também ser causado por inflamações da gengival.  A prevalência nas mulheres é cerca de duas vezes maior que em homens.

Quais os tratamentos?
Tratamentos através ortodontia e cirurgia ortognática são procedimentos complexos, de alto custo e que demandam tempo considerável e por isso, têm sido menos frequentemente recomendados para tratamento do sorriso gengival.

Aplicação de toxina botulínica.
Com uma pequena aplicação de cada lado da face, o músculo responsável por tracionar o lábio superior para cima e, consequentemente expor a gengiva em demasia, recebe um bloqueio químico e tem sua atividade diminuída. Este tratamento não é definitivo, pois a toxina deve ser reaplicada de 4 a 6 meses, aproximadamente.

 Liberação do músculo depressor do septo nasal:

A liberação do músculo depressor do septo nasal pode ser realizada durante uma cirurgia de rinoplastia, ou também por uma pequena cirurgia na boca. Com esse procedimento ocorre alongamento do lábio superior em repouso e encurtamento ao sorrir, com correção do sorriso gengival, além de elevação da ponta nasal, tornando o nariz mais arrebitado.

Como garantir cílios mais fortes e vistosos?

O que fazer para ter cílios mais vistosos? Tai mais uma pergunta que você pode esta se fazendo!

Hoje em dia existem tratamentos tópicos feitos com aplicação de ativos que estimulam o crescimento dos fios. O mais comum é o bimatropost, uma substância (usada originalmente para tratar o glaucoma) que já teve a sua segurança e eficácia comprovada.

Quando aplicado na raiz dos cílios (jamais dentro dos olhos), esse ativo estimula as células produtoras dos fios e atua beneficiando a quantidade, a espessura, o comprimento e a pigmentação. O resultado é, então, o surgimento de uma maior quantidade de fios, mais grossos, mais longos e mais escuros.

Os resultados aparecem, em média, três meses após o início do tratamento. Mas com quatro semanas de uso já é possível perceber alguma diferença.

Na nossa pálpebra superior existem entre 100 e 150 fios. Fatores genéticos determinam se vamos ter cílios mais cheios ou mais ralos. A cor dos fios, a espessura e o seu comprimento também variam conforme padrões genéticos.

Sendo assim, é natural que algumas pessoas se sintam insatisfeitas ou até mesmo incomodadas quando têm menos pelos nas pálpebras ou quando consideram seus cílios pouco expressivos. Além disso, determinadas doenças também podem levar à diminuição do volume de pelos nessa região.

Nem é preciso dizer, entretanto, que somente um dermatologista pode avaliar se um paciente de fato tem indicação para um tratamento dessa natureza!

Usado de forma indiscriminada e sem as devidas orientações, o produto pode causar efeitos colaterais como escurecimento da pálpebra rente aos cílios (dando impressão de olheiras) e, em casos mais graves, até mesmo a pigmentação da íris (caso o ativo tenha contato com o globo ocular). Por todas essas razões, o ativo só pode ser adquirido com receita médica e o acompanhamento pelo especialista é fundamental durante o período de uso.

Além de serem responsáveis pela beleza e sensualidade do olhar, os cílios são importantes para a proteção dos olhos. Por isso, a grande dica para quem está infeliz com os seus cílios é: converse comigo, marque sua consultar será um prazer deixa você feliz com seus cílios.