Alimentação saudável no verão

No verão o principal desafio que o corpo enfrenta é manter sua temperatura normal em torno de 36ºC frente as altas temperaturas ambientais. Em virtude dessa alteração climática, ocorrem mudanças no organismo para que a adaptação ao novo clima ocorra sem maiores problemas à nossa saúde. Dentre elas, o mecanismo de resfriamento do corpo é essencial, ocorrendo por meio da transpiração, popularmente conhecida como suor. Como suamos constantemente, perdemos quantidades consideráveis de água e sais minerais, como o sódio e o potássio, por isso a importância da hidratação nessa época do ano.

(mais…)

GLICAÇÃO E OS MALES DO AÇÚCAR PARA A PELE.

Se você nunca ouviu falar de glicação, chegou a hora! O processo consiste na ligação que ocorre entre carboidratos, como a glicose, e proteínas, como as de sustentação da pele, independente de uma ação enzimática. Quando isso acontece, essas proteínas são modificadas, impedindo que as células desempenhem seus papéis. Quando alguém fala que o açúcar faz mal para a pele, é exatamente desse processo que se refere.

A reação causa danos às fibras elásticas e de colágeno, acelerando o envelhecimento da pele, causando perda de elasticidade e tonicidade. Mas, não se desespere! Existem diversas maneiras de driblar o problema, seja diminuindo o consumo de açúcar branco e o substituindo por opções mais saudáveis – como adoçantes naturais (Stevia e Xylitol) – ou utilizando dermocosméticos, feitos especialmente para combater os efeitos do açúcar na pele. Hoje em dia, vários protetores solares contêm ação antioxidante e antiglicante.

Além de fazer mal para a pele, o consumo de açúcar também pode causar problemas, como a diabetes e obesidade. Para quem adora comidas doces, atenção redobrada para não acabar ingerindo mais do que deve! A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, em 2016, que o ideal era que o consumo diário de açúcar não ultrapassasse 50g. Em 2015, essa quantidade foi reduzida para 25g, que corresponde a seis colheres de chá de açúcar por dia. De acordo com a OMS, fazer com que 10% das calorias diárias sejam do açúcar é o mínimo para beneficiar a saúde. A redução dessa porcentagem para 5% proporciona efeitos positivos adicionais.

7 VITAMINAS QUE PODEM DEIXAR SUA PELE LINDA E SAUDÁVEL.

A nossa alimentação influencia diretamente no seu corpo. E não é só o peso que reflete os efeitos daquilo que você come: cabelos, unhas e pele também, e muito!

Por exemplo, se você está pele ressecada, com acne ou algum outro problema, isso pode ser sinal da sua pele pedindo ajuda e mostrando que algo está errado.

E o erro está na alimentação. E a ajuda deve vir dela, também. Sabe como? Através das vitaminas!

Aqui, vamos mostrar quais são as vitaminas mais importantes para o bem-estar da sua pele e também em quais alimentos elas podem ser encontradas.

   Vitamina C

O poder da vitamina C vai muito além de ajudar na cura e na prevenção de resfriados: ela também é capaz de agir contra o envelhecimento precoce.

A vitamina C é um antioxidante natural que contribui para a produção de colágeno – essencial para manter a boa elasticidade da pele.

Uma das maiores fontes de vitamina C é o gojiberry, mas esse nutriente também é encontrado em grandes quantidades em alimentos como acerola, laranja, gojiberry, goiaba, limão, kiwi, morango, alface, tomate, pimentão e muitos outros.

   Vitamina B2

A vitamina B2, ou riboflavina, é essencial para quem quer uma pele mais saudável, pois participa de muitos processos celulares.

Quando o organismo tem deficiência de B2, torna-se maior a propensão a inflamações cutâneas, bem como feridas em torno dos lábios.

Uma das melhores formas de se beneficiar dessa vitamina é através da ingestão de produtos lácteos, carne, peixe, aves, vegetais verde-escuros e bife de fígado.

   Vitamina K

A vitamina K pode ser encontrada em alimentos de origem animal e vegetal, sendo suas principais fontes o leite, repolho, vegetais verde-escuros, ovo, alface, fígado e óleo de canola.

Esse nutriente está associado à proteção da elasticidade da pele e ao aparecimento de rugas.

   Vitamina A

A vitamina A, que também é conhecida como retinol, é uma das verdadeiras aliadas contra o envelhecimento, pois é fundamental para a renovação celular.

Essa vitamina também possui forte ação antioxidante, contribuindo para o rejuvenescimento da pele que sofreu danos ou lesões.

São fonte de vitamina A alimentos como ovos, bife de fígado, cenoura, couve, mamão, tomate, manga

Vitamina E

A vitamina E também é importante devido à sua ação antioxidante, ajudando a combater os radicais livres do nosso corpo e, consequentemente, trabalhando contra o envelhecimento precoce.

Essa vitamina é muito encontrada nos óleos vegetais, na couve, espinafre, agrião, entre outros. 

   Vitamina B3

Para quem tem problemas com cravos na pele, é essencial incluir a vitamina B3 — ou niacina — na alimentação. Esse nutriente contribui para a boa circulação sanguínea em todo o corpo.

As principais fontes de vitamina B3 são os ovos e grãos, como amendoim e castanha-do-pará. Outras fontes são fígado, cenoura, brócolis, batata-doce, entre outros.

   Vitamina B6

A vitamina B6 é outro importante atuante na cicatrização da pele, e sua deficiência pode causar alterações dermatológicas, por isso também deve estar inclusa na alimentação de quem quer ter uma pele saudável.

Ela pode ser encontrada em alimentos como fígado de boi, frango, atum, leite, feijão, soja, banana, espinafre, aveia, entre outros.

Viu? Não é difícil incluir essas vitaminas na alimentação!

Basta ter um plano alimentar mais saudável, preferindo carnes magras, legumes, verduras e frutas.

6 alimentos para manter a saúde da pele e cabelos

De tempos em tempos surge um superalimento exótico com promessas milagrosas – queimar gordura, acelerar o metabolismo, acabar com a celulite, fazer crescer unhas e cabelos etc. Mas a dificuldade em encontrar tais especiarias acaba jogando um balde de água fria em sua missão de beauté.

(mais…)