COMO AVALIAR SE DEVO REALIZAR ALGUM PROCEDIMENTO?

Beleza e naturalidade nem sempre andaram de mãos dadas. Ao longo dos anos, a evolução das técnicas na medicina tem permitido que um novo conceito ganhe espaço: estar naturalmente bonito (a) ou, pelo menos, passar tal imagem. Sabe aquela barba por fazer que, na verdade, levou horas para ser delimitada? E aquele cabelo de aspecto desarrumado que precisou de pomada para ficar assim?

Vamos além: um preenchimento feito exatamente no ponto específico de seu rosto que, nem de longe, parece ter sido realizado. Uma aplicação de toxina botulínica que te deixa alguns anos mais jovem, só que não pode ser percebido. Para garantir naturalidade dos resultados e preservar a harmonia facial, as tendências de rejuvenescimento facial, atualmente, buscam uma avaliação integral.

Uma recomendação cai bem para todos: previnam-se! De resto, como o envelhecimento é um processo que atinge a todas as pessoas, mas a cada uma de forma diferente, a individualidade, traços e particularidades de cada paciente são os pontos de partida para um tratamento personalizado. Nessa linha, a combinação de técnicas veio para ficar. Buscamos procedimentos mais adequados para as queixas e perfil de cada pessoa.

Beleza e saúde interferem no bem-estar, então, lembre-se que é possível se planejar e buscar benefícios que vão muito além de sua imagem. Ficou curiosa(o)? Anote aí os primeiros passos para o planejamento de sua beleza:

 

1º Passo: agende sua consulta com um(a) MÉDICO (A) dermatologista. pois somente ele poderá avaliar quanto e como as ações de fatores genéticos, exposição ao sol e poluição, alimentação e outros interferiram em sua pele.

 

2º Passo: tenha sua dermatologista como uma parceira, confie nela e conversem sobre medos, prioridades e anseios. Assim, ela saberá exatamente o que é mais indicado para você, desde questões mais simples, como qual protetor solar escolher, até se há necessidade de realizar um procedimento.

 

3º passo: estabeleça com ela uma rotina de prevenção e cuidados. Lembre-se que as necessidades de sua pele mudam com sua faixa etária e, por isso, devem ser avaliadas regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *